19/12/08

Coragem...

Espaço latente, possibilidade de gostar, verdade do meu sentir...
Corpo pesado, imaginação insuportável...
Vontade de dizer, recear a forma como explicar, palavras abrigadas sem razão...
Também o meu ser a dizer que sim, a voz que não sei se quero ouvir...
Rosto quente que transparece de vergonha, o cair que para mim não tem solução...
Eu, e aquele segredo que conto para mim mesma...
Está escuro aqui Amiga...
Não sei como iluminar a projecção directa de te falar...
Tento agarrar.me á fragilidade que me lança nas palavras murmuradas...
Junto-me ao apelo que só por mim é criado...
Atraso frases completas....
Grito com o olhar...
e na verdade tudo isto porque....
Está escuro aqui, Amiga...

2 comentários:

Isa disse...

Tanta angústia,querida Ana...
Deixo-te o meu
beijoo.
isa.

Serena Flor disse...

Minha querida,
passando pra te desejar um feliz fim de semana.
Um grande beijo!